A WNBA inicia o segundo fim de semana recheado de grandes partidas, na sexta-feira (31) tivemos bons duelos para aumentar o apetite de basquete feminino. Depois de perder Sabrina Ionescu por lesão, o New York Liberty lutou muito, mas o Atlanta Dream prevaleceu. Em outra partida, a também novata Satou Sabally teve um duplo-duplo em vitória contra o Indiana Fever. Sem contar, que teve equipe saindo da zona da derrota.

Sabrina Ionescu fere o tornozelo em derrota contra o Atlanta Dream 

A escolha número 1 no draft da WNBA de abril, Sabrina Ionescu, lesionou o tornozelo no segundo quarto contra o Atlanta Dream, e não voltou a atuar na derrota do New York Liberty por 84 a 78 contra o Dream na noite de sexta-feira. 

A novata estava levando a bola à quadra e rolou o tornozelo esquerdo quando se envolveu com a Betnijah Laney de Atlanta, com cerca de cinco minutos restantes na primeira etapa. Ela terminou com 10 pontos no tiro 4 de 5. A partida marcou o terceiro jogo de sua temporada de estréia, e ela marcou 33 pontos, 7 rebotes e 7 assistências na derrota de quarta-feira (29) para Dallas Wings.

O Liberty já estava sem guarda Kia Nurse, que torceu o tornozelo esquerdo no jogo de abertura de Nova York no sábado. Ela voltou a jogar 22 minutos na quarta-feira, mas saiu na sexta-feira.Com Ionescu e Nurse fora, e Asia Durr nesta temporada sob isenção médica, resta as guardas do Liberty, Jones e Clarendon.

Já conhece o canal do Área Restritiva no Youtube? Clique e se inscreva!

Segundo a jornalista Holly Howe, uma equipe de médicos avaliaram a atleta. Ionescu sofreu uma entorse no tornozelo de grau 3, caso não cirúrgico. Sem previsão de volta, trabalharão para diminuir o inchaço e aumentar a amplitude de movimento..

O jogo entre Liberty e Dream, pertenceu a Betnijah Laney. Laney começou com um estrondo, alcançando nove pontos no primeiro quarto. Ela era tudo para o Dream, não apenas marcando 30 pontos, mas também preenchendo o placar com oito rebotes, três roubadas de bola e duas assistências.

Atlanta abriu o jogo com estratégia e energia. Abriram vantagem de 12-0, aproveitando as diferenças com Shekinna Stricklen, colocando Ionescu nas duas primeiras cestas do jogo. Atlanta também jogou com energia no lado defensivo, virando o Liberty sete vezes no primeiro quarto.

O Liberty abriu o segundo quarto indo novamente a Shook. Então, Ionescu, após um primeiro trimestre desigual, começou a ganhar vida. Ela não apenas drenou um ponteiro de três pontos, mas também pegou uma carga e roubou um roubo de transição. Seus esforços permitiram que Nova York assumisse uma liderança de 27 a 25 minutos.

Quando Ionescu saiu, Layshia Clarendon imediatamente pegou a bola para si, usando um senso de insistência veterana para impedir que o Liberty perdesse seu ímpeto. Clarendon penetrou agressivamente, criando oportunidades para as outras. Enquanto o Atlanta, começou a se contentar com jumpers, não pressionando a defesa de Nova York através da penetração e da passagem. 

Leia mais sobre a WNBA, a cobertura completa da do que acontece na WUBBLE você encontra aqui.

Assim, o Liberty levou vantagem de 43-41 para o intervalo, liderado por 11 pontos e três assistências de Clarendon. Laney fez 19 pontos no intervalo para o Dream. Atlanta abriu o segundo tempo pronto para prender Clarendon, colocando corpos na pintura para impedir suas jogadas.

O Dream ainda não se encontrava no jogo. No entanto, Laney continuou pegando rebotes e fazendo jogadas, permitindo que Atlanta retomasse a liderança e depois aumentasse para 11 pontos. Mas as novatas de Nova York impedia o Dream de avançar. Jazmine Jones deu uma faísca na defesa, Jocelyn Willoughby colocou algumas cestas importantes e também fez várias jogadas na defesa.

Nova York reduziu a vantagem de Atlanta para 61 a 56 no final do terceiro período. Faltando aproximadamente quatro minutos para o último quarto, a combinação de Jones e Willoughby levou o Liberty a dois pontos, 71 a 69.

Chennedy Carter, que teve uma noite ineficiente em geral, converteu duas grandes cestas antes de se perder. Elizabeth Williams foi uma pessoa sólida durante todo o jogo, com 15 pontos e 10 rebotes, incluindo o seu milésimo rebote na carreira. Monique Billings também fez o trabalho sujo necessário para que o Dream escapasse com a vitória, conseguindo 15 rebotes e seus oito pontos. Laney selou o jogo para Atlanta, acertando um lance livre final para dar a si mesma os 30 pontos e o Dream a vitória de 84 a 78.

Destaques da partida

New York Liberty

Jazmine Jones: 20 pontos, 2 rebotes, 2 assistências;
Layshia Clarendon: 16 pontos, 4 rebotes, 5 assistências; 
Jocelyn Willoughby: 14 pontos/3 assistências. 

Atlanta Dream

Betnijah Laney: 30 pontos/8 rebotes/3 steal
Chennedy Carter: 17 pontos/3 assistências 
Elizabeth Williams: 15 pontos/10 rebotes

Outra novata da WNBA brilha na vitória do Dallas Wings contra o Indiana Fever

A escolha número 2 no Draft da WNBA de 2020 e ex- companheira de Ionescu, mostrou todo o seu potencial na noite de sexta-feira na vitória por 76 a 73 contra o Indiana Fever.

Satou Sabally não apenas marcou 23 pontos e conquistou 17 rebotes, como também ajudou a captar o retorno do Dallas Wings no segundo tempo. Depois que o Wings perdeu 14 pontos, Sabally marcou sete pontos durante uma rodada crítica de 14 a 3 que começou no final do terceiro período e se estendeu até o início do último quarto.

Embora ineficiente, Arike Ogunbowale contribuiu com 15 pontos para Dallas. Os marcadores principais de Indiana também lutaram para gerar ofensas eficientes. Kelsey Mitchell somou apenas oito pontos em 4 de 14 arremessos. Candice Dupree e Tiffany Mitchell lideraram o Indiana com 11 pontos cada.

Destaques da partida

Dallas Wings

Satou Sabally: 23 pontos, 17 rebotes, 1 steal,1 block;
Arike Ogunbowale: 15pts, 2 rebotes, 2 steal;
Kayla Thornton: 11 pontos, 9 rebotes, 1 steal.

Indiana Fever

Tiffany Mitchell: 11 pontos,3 rebotes, 1 steal;
Candice Dupree: 11 pontos, 3 rebotes.

UFA! Phoenix Mercury conhece a primeira vitória na WNBA 2020

Finalmente, os torcedores do Phoenix Mercury podem dar um suspiro de alívio, pois a equipe garantiu uma vitória fio-a-fio sobre o Las Vegas Aces para evitar cair para 0-3. Ainda mais encorajador, Diana Taurasi estava na forma “GOAT”, liderando Phoenix com 22 pontos e 10 assistências. Skylar Diggins-Smith também fez 22 pontos, enquanto Brittney Griner fez 18 pontos e sete rebotes. O Mercury também drenou 11 ponteiros vencendo a partida por 102 a 95.

Os Aces estavam sem Lindsay Allen, que serviu como seu ponto de partida até agora nesta temporada. Allen registrou um “positivo inconclusivo” em um teste de COVID-19. Pelo protocolo WNBA, ela deve permanecer isolada até registrar dois resultados negativos consecutivos de testes com pelo menos 24 horas de intervalo. Danielle Robinson começou a partida no lugar de Allen.

Angel McCoughty liderou Vegas com 18 pontos, enquanto A’ja Wilson somava 17 pontos e oito rebotes.

Destaques da partida

Phoenix Mercury

Skylar Diggins-Smith: 15 pontos, 5 assistências;
Diana Taurasi: 13 pontos, 8 assistências; 
Brittney Griner: 14 pontos,5 rebotes. 

Las Vegas Aces

A’ja Wilson: 17 pontos, 5 assistências, 3 rebotes, 3 steals,
Kayla McBride: 10 pontos, 2 assistências.

Últimos resultados da WNBA 2020

25/07 (abertura da WNBA – sábado)

New York Liberty 71 x 87 Seattle Storm
Phoenix Mercury 76 x 99 Los Angeles Sparks 
Washington Mystics 101 x76 Indiana Fever 

26/07 (domingo)

Minnesota Lynx 77 x 69 Connecticut Sun 
Chicago Sky 88 x 86 Las Vegas Aces
Atlanta Dream 105x 95 Dallas Wings

28/07 (terça-feira)

Connecticut Sun 89 x 94 Washington Mystics 
Chicago Sky 96 x 78 Los Angeles Sparks 
Seattle Storm 90 x 66 Minnesota Lynx 

29/07 (quarta-feira)

Indiana Fever 106 x 100 Phoenix Mercury 
Dallas Wings 93 x 80 New York Liberty
Las Vegas Aces 100 x 70 Atlanta Dream 

30/07 (quinta-feira)

Washington Mystics 89 x 71 Seattle Storm
Minnesota Lynx 83 x 81 Chicago Sky 
Los Angeles Sparks 81 x 76 Connecticut Sun 

31/07 (sexta-feira)

Atlanta Dream 84 x 78 New York Liberty 
Dallas Wings 76 x 73 Indiana Fever 
Phoenix Mercury 102 x 95 Las Vegas Aces

Segundo fim de semana Wubble

A WNBA não para! Teremos mais seis confrontos para acompanhar, pela fase regular da temporada. E tem brasileira em quadra novamente: Damiris Dantas. A ala-pivô entrará em quadra contra o Connectic Sun, e teremos cobertura especial da brasileira e da partida.

01 de agosto – sábado

17h – Minnesota Lynx x Connecticut Sun, League Pass
19h – Washington Mystics x Chicago Sky, League Pass
21h – Los Angeles Sparks x Seattle Storm, League Pass

02 de agosto – Domingo

14h – Phoenix Mercury x New York Liberty, League Pass
16h30 – Atlanta Dream x Indiana Fever, League Pass
19h – Dallas Wings x Las Vegas Aces, League Pass

Quer saber mais sobre a WNBA? Dá uma olhada nesses textos:

A luta da WNBA por igualdade salarial

WNBA começou, o que rolou no primeiro dia?

O Área Restritiva está no YouTube, conheça o nosso canal. Vídeos três vezes por semana.

Já imaginou um grupo para discutir Basquete como se estivesse em um bar? Conheça o Bar do Área!

Fique por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais; marcamos presença no FacebookInstagram e no Twitter. Ah! Também estamos no Catarse, aqui você conhece todo o projeto do Área Restritiva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.