Depois de quatro dias de descanso, a equipe do Mogi das Cruzes/Helbor voltou aos treinamentos hoje, dia 08, já pensando nas partidas dos playoffs que devem ocorrer depois do dia 21 deste mês. Como ainda aguarda o adversário das quartas de final sair dos confrontos entre Minas e Macaé, as duas próximas semanas serão de treinos intensos na academia e na quadra.

Neste momento, a palavra de ordem na equipe comandada pelo técnico Paco García é trabalho. No grupo, ninguém está pensando ou escolhendo adversário para a próxima fase.

“Não sei se será Minas ou Macaé. Temos que trabalhar pensando em nós. A partir do momento que tivemos o nome do time, aí vamos pensar nele. Nesse momento só podemos controlar o nosso trabalho. Tivemos uns dias de folga e agora temos tempo para nos recuperar e também recuperar aqueles jogadores que tinham problemas físicos. É um trabalho de melhora física e também de melhora técnico/tática, alguns detalhes que temos que treinar para encarar os playoffs. Acredito que essas duas semanas serão de um ótimo trabalho”, avalia Paco.

Tanto o técnico como os atletas sabem as dificuldades que terão na próxima fase da competição e também a importância da intensidade dos treinamentos.

“Agora é a hora importante do campeonato, o filé mignon, como dizem. Mas não tem jogo fácil. Ontem o São José, no primeiro jogo do playoff, foi e já ganhou fora de casa do Paulistano. Precisamos estar atentos, porque no ano passado estávamos na situação inversa e vencemos o playoff. A gente vai ter tempo para estudar os dois times. Seja o Minas ou Macaé, são dois adversários fortes. O playoff vai ser duro”, adverte o armador Gustavinho.

Retorno

O ala norte-americano Shamell, que havia sofrido um corte entre os dedos mínimo e anelar da mão esquerda no jogo contra o Bauru e não jogou contra Franca, treinou normalmente com os demais atletas.

É isso!

Comentem e Compartilhem!
Até+

Diego Silver